Percepção, uso e afetividade de frequentadores de praças públicas na cidade de São Paulo, Brasil

Publicado
2020-11-11
Palavras-chave: Espaços públicos, Áreas verdes, Urbanização, Planejamento Urbano

    Autores

  • Kelly C. Oliveira Universidade Nove de Julho-UNINOVE, São Paulo
  • Ana Paula B. Nascimento Universidade Nove de Julho-UNINOVE, São Paulo
  • Heidy R. Ramos Universidade Nove de Julho-UNINOVE, São Paulo
  • Claudia Terezinha Kniess Universidade Nove de Julho-UNINOVE, São Paulo
  • Simone Aquino Universidade Nove de Julho

Resumo

O presente trabalho analisou a percepção de frequentadores sobre cinco praças da cidade de São Paulo e o uso destes espaços. Foram realizadas entrevistas exploratórias com frequentadores. Os resultados indicam que áreas verdes, segurança, localização, lazer, atividade física estão entre os itens que contribuem para sentimentos positivos, assim como a decisão de usar estes espaços. Infraestrutura como, presença de bancos, lixeiras, banheiros e outros elementos que prolonguem a estadia do visitante na praça e aumente seu conforto ao visitar o espaço é percebido, utilizado e considerado muito importante pelos frequentadores. Não há padrão no planejamento das estruturas e equipamentos em diferentes praças, uma vez que a gestão é descentralizada. As percepções das praças pelos frequentadores podem auxiliar na criação de projetos bases, com elementos semelhantes, que atendam a essas expectativas em comum. Dessa forma, torna-se relevante ser considerado pelos gestores públicos, pontos fracos e fortes percebidos por frequentadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARROS, M.V.F.; VIRGILIO, H. Praças: espaços verdes na cidade de Londrina. Geografia, Londrina, v.12, n.1, p.533-544, 2010. Disponível em: http://www.uel.br/revista/uel/index.php/geografia/article/view/6713. Acesso em: 3 nov.2015

BENCHIMOL, J.F.; LAMANO-FERREIRA, A.P.N. Distribuição de Praças Públicas na Cidade de São Paulo, SP. In: BENINI, S.M.; ROSIN, J.A.R.G.(Org.). Estudos Urbanos: uma abordagem interdisciplinar da cidade contemporânea. 1ed.Tupã, SP: ANAP, 2015, p. 291-306.
Como Citar
OLIVEIRA, K. C. .; NASCIMENTO, A. P. B.; RAMOS, H. R.; KNIESS, C. T.; AQUINO, S. Percepção, uso e afetividade de frequentadores de praças públicas na cidade de São Paulo, Brasil. Journal of Urban Technology and Sustainability, v. 2, n. 1, p. 11-26, 11 nov. 2020.